Polícia Civil prende professor condenado por estupro de seis crianças

Diligências realizadas pela PCRR (Polícia Civil de Roraima) por meio da equipe do SIOP (Seção de Investigação e Operação) da Polinter (Delegacia de Polícia Interestadual) resultaram no cumprimento do mandado de prisão por sentença condenatória do professor F. C. S. P., de 55 anos. Ele foi sentenciado pela Justiça a 27 anos e seis meses de reclusão, em regime fechado, por estupro de vulneráveis contra seis crianças, entre 09 e 11 anos de idade.

Os crimes em que o homem é acusado ocorreram no município de São João da Baliza. Ele era professor das crianças e, segundo a denúncia do Ministério Público, nos anos de 2018 e 2019, foi acusado de estupro de vulnerável contra suas alunas. A denúncia aponta que o homem alisava as alunas, passava a mão em suas partes íntimas e lhes oferecia dinheiro.

Uma das vítimas contou aos familiares que procurou a Polícia, ocasião que o caso veio à tona. Ele foi processado, condenado pelo crime e recorreu. Entretanto, a Justiça manteve a condenação de 27 anos e seis meses de reclusão em regime fechado e, após transitado em julgado decretou sua prisão.

A ação para o cumprimento do mandado de prisão foi coordenada pelo delegado titular da Polinter, Alexandre Matos e o homem foi localizado no bairro Araceli nesta quinta-feira, dia 23.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo