Policiais civis reconhecem importância de capacitação para melhor atendimento ao público

Na busca por aprimorar o serviço prestado ao cidadão, a PCRR (Polícia Civil de Roraima), juntamente com a Escola de Governo, da Segad (Secretaria de Gestão Estratégica e Administração), deu início nesta quinta-feira, 25, ao processo de capacitação abrangente para todos os seus servidores no atendimento ao público.

Mesmo com o reconhecimento da pressão e do desgaste inerentes ao trabalho policial, os servidores confirmaram a necessidade de melhorias no atendimento ao público nas unidades policiais. A abertura do evento contou com a presença do vice-governador Edilson Damião, do secretário da Segad, Anselmo Menezes e de 180 servidores da Polícia Civil.

A delegada-geral Darlinda de Moura Viana destacou a importância de um atendimento eficiente e padronizado em toda a Polícia Civil. Para ela, é inadmissível que o cidadão seja mal atendido quando procura pelos serviços da instituição, e que a meta é buscar a excelência no atendimento.

O vice-governador destacou o diferencial da iniciativa e o comprometimento dos policiais em aprimorar suas habilidades para atender de forma mais eficiente às demandas da população. Damião também enalteceu o trabalho desenvolvido pela Escola de Governo, que busca ampliar a excelência na qualificação dos servidores do Estado.

A agente de Polícia Betty Yara Gama Gonzalez, ressaltou ser muito importante a participação dos servidores da Polícia Civil nessas capacitações.

“Devido ao nosso atendimento, a gente precisa sempre estar revigorando, atendendo o público com eficiência, entendendo a necessidade da população quando procura a Polícia Civil e ter um tratamento diferenciado, de entender os problemas da população e prestar o melhor atendimento. Eu trabalho na Central de Flagrantes, e vejo que a gente tem necessidade, sim. Tem muitos servidores que não tiveram oportunidade, que precisam trabalhar a parte comportamental para poder trazer para a nossa população uma melhoria no atendimento. Portanto, precisamos sim, constantemente buscar esse aprendizado”, destacou.

A agente carcerária Josinete Mesquita destacou que os temas abordados foram de suma importância para a entrega do bom atendimento ao cidadão, que procura a Polícia Civil com a certeza de que será bem recebido.

“O curso foi muito proveitoso e vejo como de extrema importância essa preocupação dos nossos gestores em oferecer este curso. Todos os palestrantes explicaram muito bem a importância de um bom atendimento, e deixando claro a empatia, responsabilidade, urbanidade para com aqueles que nos procuram”, disse.

Para a diretora do Departamento de Polícia Especializada, Elivania Aguiar, que coordena a capacitação por meio do Nupen (Núcleo de Pesquisa e Ensino) ressaltou a importância da parceria com a Escola de Governo e que o curso veio para corroborar para todos os policiais exercerem cada dia melhor a sua profissão.

“Essa capacitação visa melhorar o atendimento ao público. Precisamos melhorar cada vez mais esse contato com a comunidade, essa prestação de serviço à comunidade. O curso contribuirá para que os policiais possam exercer cada dia melhor a sua profissão”, relatou.

PALESTRAS

As próximas capacitações vão ocorrer nos dias 2 e 9 de maio. Entre as disciplinas programadas estão o “Papel da Ouvidoria na Polícia Civil”, que será ministrada pelo ouvidor-geral do Estado, Érico Veríssimo; “Diversidade Cultural no Atendimento ao Público da Polícia Civil”, ministrada pela agente de polícia Ketiane Guerreiro; “Processo Administrativo na Polícia Civil”, ministrada pela advogada e especialista em direito administrativo, Patrícia Maciel; a psicóloga Mônica Lopes falará sobre o “Trabalho Emocional do Servidor no Atendimento ao Público”; e por último, advogada Fabíola Wickert com a palestra sobre “Atendimento ao Público

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo